Geopix apresenta estudo sobre Lotes vagos em Goiânia

25/01/2018
Acervo Web
14,4% do total de lotes de Goiânia estão vagos

A Associação dos Desenvolvedores Urbanos do Estado de Goiás (ADU-GO) reuniu na manhã da última quarta-feira (24/01) construtores e proprietários de imobiliárias na sede do Sindicato dos Condomínios e imobiliárias (Secovi-Goiás) para um debate sobre a cidade de Goiânia. Em um encontro com a participação de empresários, empreendedores e representantes da Prefeitura, a Geopix do Brasil apresentou um estudo detalhado sobre os vazios urbanos e lotes vagos do município.

A questão da ocupação socialmente responsável dos vazios urbanos se tornou ponto importante na agenda política da administração das cidades brasileiras, desde a Constituição de 1988, ganhando ainda mais importância com o Estatuto da Cidade, em 2001. Goiânia conta com o Plano Diretor desde 2007, já tendo passado por revisões no ano passado.

A partir da fotointerpretação de imagens aéreas obtidas em 2016, somadas a informações do cadastro imobiliário do município, a Geopix mapeou detalhadamente as 16 regiões de Goiânia, concluindo que dos 366.457 lotes encontrados, 52.552 estão vagos, o que corresponde a 14,4% do total. Ainda considerando a taxa de crescimento domiciliar que a capital apresentou entre o Censo de 2000 e a PNAD de 2016, que é e 2,7% ano, estima-se que até 2022 Goiânia tenha um incremento de aproximadamente 83 mil novos domicílios.

Agora, de posse das informações, a ADU-GO inicia um processo de discussão com os setores público e privado, no objetivo de contribuir com o crescimento e a melhor organização da cidade. Os próximos passos apontam para um diálogo constante, tendo em vista que a Lei Complementar Nº 181/2008 assegura condições e requisitos para o uso e aproveitamento de lotes vagos e vazios urbanos e ainda estabelece regras para criações de novos loteamentos e condomínios na área urbana.

MAIS NOTÍCIAS

Geopix apresenta estudo sobre Lotes vagos em Goiânia

A partir da fotointerpretação de imagens aéreas obtidas em 2016, somadas a informações do cadastro imobiliário do município, a Geopix mapeou detalhadamente as 16 regiões de Goiânia, concluindo que pouco mais de 14% dos lotes encontrados estão vagos.

Servidores do Rio Grande do Sul recebem capacitação em SIG

O intuito do encontro é a capacitação dos profissionais que serão responsáveis pela operação da Plataforma SIG (Sistema de Informação Geográfica) que será utilizado na manipulação dos dados entregues aos municípios.

Cadastro Técnico Multifinalitário da Geopix chega a Pernambuco

O Cadastro Técnico Multifinalitário, como o próprio nome já diz é um conjunto de informações que podem ser aplicadas a muitos fins. Uma base de dados única, dotada de mapas integrados, imagens aéreas e o banco de dados do município.
(Site URL: http://geopix.com.br)
(Artigo URL: http://geopix.com.br/geopix-apresenta-estudo-sobre-lotes-vagos-em-goiania/)